O cantor Naldo Benny foi condenado pela justiça a quatro meses de detenção por ter agredido e ameaçado sua mulher, Ellen Cardoso, também conhecida como Mulher Moranguinho, em dezembro de 2017.

Segundo o G1, a sentença foi decretada pela juíza Ana Paula Melduque Migueis Laviola de Freitas, do 3º Juizado de Violência Doméstica de Jacarepaguá, no último dia 30. 

Naldo foi sentenciado à pena mínima pelos crimes de ameaça e lesão corporal decorrente de violência doméstica. Porém, o artista não terá que cumprir a condenação.

Segundo a decisão da juíza, ele terá o benefício de suspensão condicional da pena durante dois anos desde que cumpra ações como “participação em grupo reflexivo para homens, nas situações de violência doméstica e familiar contra a mulher”. Naldo também está impedido de deixar a cidade por mais de 30 dias sem autorização judicial prévia.